Visitas

domingo, 27 de novembro de 2011

- ninguém conhece





um começo? desde pequena. uma razão? ser eu. um porque? o meu feitio. uma palavra? desconhecido. uma pessoa? eu!
a maior parte das vezes nós decidimos o que que queremos, melhor de todas das vezes eu escolho o que quero, e escolho sempre o meu sorriso, a minha felicidade, o meu bem estar, mas quando isso depende doutras pessoas já se torna mais difícil, mesmo assim eu não me deixo afectar pelo menos nunca quero, por vezes resulta mas outras não, pois por vezes essas pessoas são as pessoas mais próximas de nós, essas pessoas são a razão do meu " eu"! estas pessoas tinham a obrigação de me fazer feliz, de me dar o carinho devido, estas pessoas deviam estar incondicionalmente comigo ouve-se o que ouve-se estas pessoas deviam me ensinar tudo o que eu tenho para aprender, deviam me mostrar os perigos, não dizer o que tenho de fazer mas alertar-se porque é a função deles, mas nem sempre foi assim, ou melhor quase nunca foi assim pelos menos por metade! não ter o que sempre quis, ou o que quase sempre quis, fez-me desejar todos os dias que se realiza-se que estivem ambos comigo , juntos, mas não! dando a isto, fez-me acreditar em poucas pessoas, fez-me parar de confiar noutras, e fez-me fechar para o resto, não interessa se esta certo ou não foi assim que aprendi, fizeram-me o mesmo, não me deram o que eu precisava, não me deste o que eu precisava, não me mostras-te o que devias ter mostrado, nunca estives-te quando precisei, nem uma única vez pude socorrer a ti como devia, ou melhor, nem como devia nem como não devia, nunca tive uma discussão contigo como as outras pessoas têm com os deles, nunca pude confiar em ti como devia, nunca me podes-te conhecer, e isso afectou naquilo que sou hoje! pois digo na perfeição que ninguém me conhece, porque se conhece-sem iriam  admirar-me, e iriam perguntar como é que consigo esconder tanto! ai iria dizer que não mostro tal como não me mostraram a mim, sou feliz assim por isso chega-me.

escondo porque não quero demonstrar algo que me enfraquece, de facto sempre foi assim, não falo porque me magoa, não mostro porque me magoa, escondo porque assim ninguém sabe, e se sabem é porque eu mostro porque se quisesse poderia estar o pior possível pois ninguém iria reconhecer o meu estado, e sim por mais que diga tudo isto amo-te com todas as minhas forças, mas é por tua causa que me tornei assim, e afinal até me ensinas-te algo, não sei se bom se mau, mas ao menos não consigo admitir que sou pior a nada! não consigo admitir que estou mal, ou até menos bem, não consigo! tornei-me mais fechada mas isso ninguém sabe, pois não sabem o que é verdade ou não! não, não mostro mentiras, tudo o que conto e o que digo é verdade, tudo o que mostro sou mesmo eu apenas não mostro o que se passa comigo logo nunca ninguém soube se estava bem ou mal! aprendi a não saber perder, pois já perdi o suficiente! aprendi a não saber ser pior, aprendi a não saber confiar por completo, nem acreditar por completo, pois ainda ninguém mostrou que me conhece como uma cacete de trás para a frente, ainda ninguém me mostrou que sabe lidar comigo, pelo menos essa pessoa neste momento apenas se encontra em sentimento porque por pessoa, está tão perto mas tão longe ao mesmo tempo. não estares perto de mim quando precisei e quando não precisei fez com que nem sempre aceita-se opiniões dos outros, pois por vezes revolta-me como não dão valor ao que têm, eu nunca me queixei do que tenho, apenas sinto falta do que não tenho, mesmo assim sempre fui feliz, sim talvez não devesse ser assim mas foi assim que me ensinas-te a ser, foi assim que aprendi a ser na tua ausência, e certa ou errada sou feliz, mostro isso. o que mostro sou eu, e o que não mostro é o que me põem mal e isso não é preciso mostrar! não falo disto com ninguém e até quem lê não sabe do que se refere, pelo menos quem não lê com a atenção, mesmo assim guardo para mim, pelas razões que referi.
agora para ti, não quer dizer que não confie em ti, porque confio mas prefiro guardar para mim, falar é como se tivesse a encarar que perdi, talvez o que nunca cheguei a ganhar, mas que perdi algo que não queria! podes não perceber, mas o importante é que tudo o que te digo é verdade, tudo o que já te disse é verdade, as reacções que tenho não são por acaso são porque sou assim, mas isso não impede de não gostar de ti, porque gosto imenso, impede-me apenas de falar, não sei explicar o porque mas sinto-me melhor assim, mais protegida pois ninguém sabe do que falo.

p.s: foi algo que me mudou mas isso tu não sabes porque me mudou desde pequena, desde muito pequena, fecho-me para me proteger, mas tudo o que mostro é verdadeiro!

88 comentários:

Rita Farinha disse...

também sigo

inês* disse...

não mesmo , não estou bem disposta

beatrizpereira disse...

eu já não consigo encará-lo, se o vir simplesmente "fujo", não consigo dizer-lhe uma única palavra que seja, porque tenho medo da resposta, sim, sou fraca.

inês* disse...

são simplesmente aquelas perguntas :'

beatrizpereira disse...

o que quero? o que eu quero mesmo é ele, e também é o que sei que não posso ter :s

lena disse...

cada vez gosto mais, adorei este post :o

Maria Inês disse...

Em breve tudo ficará bem querida, espero eu.

nicolemorais disse...

amanhã eu vou ler o teu texto com atenção. mas olha, obrigada! também te vou seguir. e sabes? esta pessoa, embora seja muito importante, já não me pode pertencer e ficará melhor com a menina que está agora, e eu só posso ficar feliz! :)

milene mateus. disse...

o que babe ? :o

Marta disse...

obrigada :)

Maria Inês disse...

Para as duas princesa.

Maria Inês disse...

Não deve ter uma boa razão princesa, afinal, inventou que o meu namorado se fez a ela ... quando isso é mentira :|

p. disse...

lindo :|

inês disse...

tens toda a razão. mas "orgulho-me" de saber que para mim, as saudades não são algo que me condenam. Até que gosto delas, significa que tudo o que vivi foi bem vivido :)

Mariana disse...

oh, seguindo de volta!
eu tento que nao afecte, mas as vezes é dificil controlar tal sentimento, sabes.

beatrizpereira disse...

como?

Catarina disse...

onrigada querida
também já sigo o teu*
e adorei este texto :) escreves muiito bem :)

p. disse...

o texto!

joana moreira. disse...

vou tentar querida. \:
sigo. (:

Saraaaa * disse...

de nada :)
Escreves mesmo bem :)*

Catarina disse...

Muito obrigada querida ♥
O texto está tão bonito...e tão profundo, a serio :)

Patríciaa ♥ disse...

obrigada! (:

Marta disse...

Ele não é muito de escrever, é rapaz e pronto, diz nao ter jeito nenhum para essas coisas ... mal sabe ele o quanto eu amo quando faz :$

Maria João disse...

Obrigada*
Sigo também. ADOREI o texto. Não sei bem a quem te referes mas penso ter uma ideia, e se é quem estou a pensar, digo-te: temos muito em comum :o

carolina disse...

obrigada linda* sigo de volta.

inês* disse...

quem me dera que fosse uma fase como todas as outras :'

mariana costa disse...

a distancia , e outro tipo de coisas levaram a acabarmos , é melhor assim :s

Francisca. disse...

nisso tens razão minha querida, obrigada *

lara beatriz disse...

obrigada, claro que eu sou feliz por mim mas como todos tenho as minhas recaídas e às vezes é difícil ultrapassar isso, mas não vou deixar de viver a minha vida por quem decidiu deixar de fazer parte dela. o texto está lindo :)

Maria Inês disse...

Ela continua a iludir-me, dizendo que está a dizer a verdade :s

ricardoteixeira disse...

Obrigada querida, sigo-te também :)

Joana'S disse...

obrigada pelo apoio (:

beatrizpereira disse...

mas luto como? faço o quê? já não sei :s

Catarina disse...

obrigada querida :) mas por vezes não é assim tão fácil :s

- MartaRibeiro * disse...

Sim claro , mas tambem depende nao é ? . eu sei que dá ;s , já sofri muitas delas ... , obrigada pelo apoio e pela opiniao (.

alexandra marques disse...

obrigada. gostei**

Maria João disse...

Pai? :o

joana moreira. disse...

espero q sim querida. :c

joana moreira. disse...

pode ser que sim, o tempo dirá. (:

joana moreira. disse...

neste caso, não querida, infelismente. :c

joana moreira. disse...

rapazes - só sabem dar facadas no coração. :c

mariana costa disse...

sim é :) subabes - ugly

Marta disse...

ele sabe, só nao sabe o que escrever, nao é por mal :$

Maria João disse...

Pois, também acho que sim ;)

* disse...

Obrigado :)
também gostei do teu blog*

mb ♥ disse...

haver deve haver mas ninguém me manda.

mariana costa disse...

posso fazer , mas acredita que vai ser muito máu :s

mariana costa disse...

pensei no que disseste , já fiz o texto , se quiseres lê :s
obrigada pela opinião para o tema no meu novo texto .

beatrizpereira disse...

um ex .

lara beatriz disse...

obrigada querida, sabe muito bem ter alguém a tentar animar-nos :)

- MartaRibeiro * disse...

é isso que faço todos os dias *-* (':
sim tenho (': .

Saraaaa * disse...

Ainda bem :)
eu gostei mesmo deste teu texto :p *

lena disse...

de nada, é apenas a verdade (:

sarii disse...

adorei o post porque me identifico totalmente. ♥

Maria Inês disse...

Pelo comportamento dela :s

Maria Inês disse...

És tão doce Sofia, obrigada por tudo princesa $:

joana moreira. disse...

quero acreditar q sim. :x

beatrizpereira disse...

algo mais, mas tenho de me mentalizar que isso não dá.

mariana costa disse...

sofia covão ? nem sabia que este blog era teu :oo
amava-a muito ? ainda amo tp :c

andreia mello disse...

obrigada também gostei e força menina, não desanimes:)

Ângela disse...

Também sigo (:

sarii disse...

Oh pois :/
Mas está perfeito o post. Escreves muito bem

claire disse...

oh eu estou bem. só não gosto de magoar as pessoas,mesmo que não tenha culpa. mas obrigada querida:)

cats disse...

muito obrigada :)

beatrizpereira disse...

ja não acredito nisso :s

Maria Inês disse...

Obrigada princesa, mais uma vez :D

beatrizpereira disse...

é o que me parece ..

pedacinhos de mim. disse...

podes crer :D

andreia mello disse...

ainda bem é assim que tens de continuar a agir. não nos podemos rebaixar por muito que têm temos de ser mais fortes e sorrir sempre sempre;)

ana virgínia * disse...

adoro *

joana moreira. disse...

tem de ser, não é ? (:

joana moreira. disse...

custa mais, porque eu não sei se deva ter ou não, se deva querer ou não, estou confusa, e só sei que não me quero magoar de novo. :x

- MartaRibeiro * disse...

muito obrigada pelo apoio , pelas tuas palavras (': , mais uma vez obrigada (':

Jas. disse...

mesmo :/

Maria Inês disse...

Espero poder postá-lo em breve querida, obrigada por tudo $:

beatrizpereira disse...

eu sei :s

Lєтıs '' disse...

Obrigada, também sigo ;b

NessaCardoso disse...

amei, sigo :)

ana virgínia * disse...

de nada fofinha (:

mb ♥ disse...

ooooh como tu :)

sofiabranco. disse...

obrigado, eu também achei o mesmo :)

-PatríciaLourenço disse...

O quanto eu me fecho também... por muitas vezes...
Mas digo-te uma coisa: FORÇA!

- MartaRibeiro * disse...

Oh , tenho sim , muito obrigada mesmo (': , querida

lara beatriz disse...

é bem verdade querida, infelizmente

Filipa Amaral disse...

espero que sim!

mb ♥ disse...

oh minha querida, foi tão bom ouvir isso a sério, obrigada! sim, mas é triste eu ter sido tãaao enganada, assim. era umas das minhas melhores amigas, acredita que é mm frustrante reconhermos que afinal não conhecemos as pessoas que nos são mais "queridas". mas ag é seguir em frente e mostrar-"lhe" que sou mais forte do que pensa, e que coisas futeis nao me fazem falta nem me deitam a baixo tão pouco. mais uma vez obrigada!

Maria Inês disse...

Pudera querida, é maravilhoso $:

- MartaRibeiro * disse...

é sim (':